Celular é o principal aparelho para acessar a Internet no Brasil

Olá!

Isso já era imaginado, porém fica claro que ainda temos margens para crescer.

Veja os detalhes no portal Mobiletime:

http://www.mobiletime.com.br/13/09/2016/celular-e-o-principal-aparelho-para-acessar-a-internet-no-brasil/456005/news.aspx

As facilidades que os smartphones nos proporcionam, são fascinantes, embora existam alguns grupos ainda resistentes as “modernidades”.

Pesquisa revela hábitos dos idosos brasileiros com smartphones

Olá!

Embora tenha o mito que os idosos rejeitam tecnologia, esta pesquisa demonstra o contrário.

Talvez a melhor definição, seja que os idosos tenham um outro ritmo para adoção.

Veja no portal MobileTime:

http://www.mobiletime.com.br/05/05/2016/pesquisa-revela-habitos-dos-idosos-brasileiros-com-smartphones/439062/news.aspx

Vovó + smartphone = viva a tecnologia!

Brasil vende menos smartphones pela primeira vez em cinco anos, mas receita sobe em 2015

Olá

Com queda de 13,4% no comparativo anual, o mercado de smartphones no Brasil encerrou 2015 com o primeiro resultado negativo em volume de vendas em cinco anos, segundo informou estudo da IDC Brasil divulgado nesta segunda-feira, 14. No ano passado foram vendidos pouco mais de 47 milhões de aparelhos, contra 54,5 milhões em 2014. O cenário não foi muito melhor para os feature phones, que registraram queda de 74% (4,2 milhões de unidades comercializadas).

Veja no portal MobileTime:

http://www.mobiletime.com.br/14/03/2016/brasil-vende-menos-smartphones-pela-primeira-vez-em-cinco-anos-mas-receita-sobe-em-2015/436326/news.aspx

É a crise amigo… Pelo menos a receita subiu.

Mercado mundial de smartphones terá crescimento cortado pela metade em 2016

Olá

O mercado mundial de smartphones ainda teve fôlego para crescimento de dois dígitos em 2015, mas esta será a última vez que isso ocorre, de acordo com previsão da consultoria IDC divulgado nesta quinta, 3. Enquanto no ano passado o mercado foi abastecido com 1,44 bilhão de smartphones, ou 10,4% a mais em comparação a 2014, a projeção para 2016 é de pouco mais de metade do crescimento: 5,7%, um total de 1,5 bilhão de unidades. E assim seguirá, com dígito único, até chegar a um total de 1,92 bilhão de aparelhos em 2020, segundo a empresa.

Veja no portal MobileTime:

http://www.mobiletime.com.br/03/03/2016/mercado-mundial-de-smartphones-tera-crescimento-cortado-pela-metade-em-2016/434022/news.aspx

É algo até um pouco natural, pois tivemos muitos anos de constante elevação nas vendas, então será um movimento de acomodação.