TIM prevê que dados serão a principal fonte de receita em 2016

Olá

Apesar das quedas nas receitas apresentada no ano passado, o presidente da TIM, Rodrigo Abreu, acredita que neste ano haverá enfim o ponto de inflexão quando a receita de dados ultrapassar a de voz. Em 2015, o faturamento com dados foi de R$ 7,741 bilhões (ou R$ 6,579 bilhões excluindo SMS), enquanto a de voz (assinatura e utilização) foi de R$ 9,763 bilhões no consolidado. Abreu espera poder manter o crescimento em dois dígitos pelo aumento da penetração de dados na base total. “Esperamos que em 2016 os dados sejam a nossa principal receita, ainda esperamos crescimento significativo”, declarou ele em teleconferência nesta sexta, 5.

Veja no portal Mobiletime:

http://www.mobiletime.com.br/05/02/2016/tim-preve-que-dados-serao-a-principal-fonte-de-receita-em-2016/427902/news.aspx

Com certeza isto acontecerá, porém os valores dos serviços precisam ser mais justos.