Avast lança app para Android que livra até 2 GB de armazenamento

Olá

Este aplicativo, realiza uma limpeza no seu Android.

Veja matéria publicada no portal Idgnow:

http://idgnow.com.br/mobilidade/2015/06/28/avast-lanca-app-movel-para-android-que-livra-ate-2-gb-de-armazenamento/

Quem usa smartphones, sabe que qualquer espaço a mais na memória interna é importante, tendo em vista que ainda existem muitos aparelhos com 8gb, 16gb no mercado. Vamos torcer para que os fabricantes, lancem produtos aqui no Brasil com maior capacidade de armazenamento(como recentemente fez a Motorola com Moto Maxx  e Samsung Edge, ambos com 64gb de memória interna). Por quê não versões com 128gb, 256gb, etc. Compra quem quer.

Após pane, EUA inicia reparo de sistema de vistos [seção bug)

Olá

Inaugurando nosso espaço dedicado a divulgação dos bugs, relatamos aqui um problema que afetou as emissões de vistos nas embaixadas americanas.

Veja nesta matéria do portal Idgnow:

http://idgnow.com.br/internet/2015/06/24/estados-unidos-iniciam-conserto-do-sistema-de-vistos-apos-pane-de-14-dias/

Nosso intuito, não é apontar culpados, muito menos tumultuar, apenas tentar explicar que os bugs em softwares existem, e que precisamos lidar com eles de uma maneira menos emotiva. Atacando o problema através da melhoria do processo de desenvolvimento, testes, investimentos, revisões, novas ferramentas, novos métodos, pesquisas e inclusive contando com a colaboração de todos os envolvidos. Vamos pensar sobre isso.BugSoftware

Se seu software respira, ele esta contaminado com esta doença chamada bug.

Bugs em softwares, eles existem

Olá

Vamos semanalmente publicar(ou republicar – sempre informando os créditos) erros/bugs/falhas/inconformidades que ocorrem nos softwares que usamos.

Nosso intuito, não é fazer alarde com os erros dos softwares alheios(até porque os nossos também possuem), muito menos apontar culpados ou qualquer outra atitude que nada contribui com a situação.

O objetivo, é mostrar sim, que os erros em softwares existem, e que ninguém esta feliz com isso. Com certeza os fabricantes, tomam diversos cuidados, investem recursos de toda ordem, mas nem tudo isso é capaz atualmente de eliminar o bug.

Isto acontece desde o programador individual até grandes corporações, com milhares de desenvolvedores e com recursos financeiros quase que ilimitados.

Não opinião deste blog, o que precisa mudar, é o processo de produção dos softwares, com mais testes, menos pressa, mais revisão, mais pesquisadores buscando novas ferramentas/métodos, o que nos leva a: mais recursos financeiros e mais TEMPO.

Para se fazer software, precisa-se de TEMPO, para discutir, criar testes unitários, codificar, refatorar, testar, refatorar, revisar, etc. E tudo isto leva TEMPO. A pressa ajuda a tumultuar o ambiente, e claro a ter mais bugs.

Então se não tiver pressa, tudo ficará perfeito. NÃO. O desenvolvimento de software é algo novo comparado a outras áreas, por exemplo: engenharia mecânica, elétrica, e outras. Esta engenharias tem centenas ou milhares anos. ou seja decorreu TEMPO, para amadurecer, errar, testar, corrigir e evoluir.

Então vamos refletir sobre o tema, procurar fazer o trabalho com foco, sem pressa e tentar minimizar os erros. E quando eles acontecerem, corrigir, sem histeria, sem assédio moral, sem estresse e sem tumultos desnecessários.

Acrescento a isso: COLABORAÇÃO MÚTUA e MUITA PACIÊNCIA.BugSoftware

Prefeitura de Campinas oficializa uso de app que permite comunicação direta com cidadãos

Olá

Cada vez mais teremos aplicativos incorporados ao nosso dia a dia, visando facilitar nossas vidas.

Este exemplo de uso de um aplicativo para ligar a prefeitura ao cidadão, é perfeito, embora no momento mais uma iniciativa isolada

Veja nesta matéria do portal Info:

http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/2015/06/prefeitura-de-campinas-oficializa-uso-de-aplicativo-para-falar-com-cidadaos.shtml

Vamos torcer para que mais e mais órgãos públicos, “acordem” e comecem a enxergar que a tecnologia, pode contribuir imensamente, pode reduzir a imensidão da máquina pública, e com isso talvez, nós teremos no futuro, estruturas de governos mais enxutas e com custos menores.

Vamos torcer